Diferenciais

Uso inteligente da informação com dados organizados que facilitam a tomada de decisão

Uma organização necessita conhecer, com exatidão, as ameaças e oportunidades de Segurança e Saúde no Trabalho presentes no ambiente, o que é possível através de um monitoramento das informações dos ambientes interno e externo.

É crescente no Governo o "uso da informação de saúde do trabalhador" como instrumento tributário, que, aliado a também crescente complexidade da legislação de Segurança e Saúde no Trabalho, força as empresas a considerarem, de forma efetiva, a Gestão da Informação de Segurança e Saúde no Trabalho gerada no ambiente interno como alternativa de neutralização das ameaças do ambiente externo.

Os produtos e serviços da SIS foram direcionados para a prática de gestão da informação viabilizando os meios para organizar os dados, transformá-los em informação (dados com significação) e com a devida análise gerar o conhecimento necessário para permitir o uso inteligente para definir estratégias com competência em um processo de decisão direcionado para minimizar vulnerabilidade e reduzir custos operacionais e os de natureza legal, judicial e tributário.

    Implantação de medidas preventivas com base no conhecimento gerado pela análise das informações dos ambientes interno e externo
Os dados de segurança e saúde dos trabalhadores que estão no ambiente interno da empresa podem ser organizados e a sua análise deve contemplar a identificação de informação relevante ou informação para ação que requer ação, seja de curto, médio ou longo prazo, facilitando a adoção de intervenções na forma de implantação de medidas preventivas, incluindo o estilo de vida, as condições e o ambiente de trabalho, determinando a minimização dos efeitos adversos sobre a saúde dos trabalhadores viabilizando a neutralização das ameaças externas e consequente redução de custo.

Os serviços e produtos da SIS incluem também a criação de "conteúdos relevantes" a partir dos dados do ambiente interno e ambiente externo das organizações na forma de "informação para ação".

Para realizar gestão da informação de Segurança e Saúde no Trabalho, a SIS utiliza a metodologia ERB (Espectro de Resposta Biológica), que permite um alto grau de automatização de resultados gerando conhecimento para embasamento de decisões.

A metodologia ERB está descrita no livro Patologia do Trabalho, organizado pelo Prof. René Mendes e publicado pela Editora Atheneu em 2013. Trata-se do capítulo 54 escrito pelos Drs. Paulo Reis e Eduardo Ferreira Arantes denominado Contribuição do exercício da Medicina do Trabalho nos locais de trabalho para a promoção da saúde e prevenção das doenças.


Decisão com enfoque de risco e conhecimento para traçar estratégias de ação

O uso desse conhecimento para traçar estratégias de ação é denominado de decisão com enfoque de risco e mostra-se como instrumento de gestão, flexível e racional que permite mensurar os riscos individuais e coletivos, definir e distribuir recursos de forma priorizada, preparar estratégias de intervenção em nível local e determinar as ações de Segurança e Saúde no Trabalho que devem ser implementadas. Essa é a decisão sustentada tecnicamente.

O livro Gestão de Informações de Segurança e Saúde no Trabalho. Análise do ambiente externo e interno no processo de decisão foi escrito pelo Dr. Paulo Reis e publicado em 2013.